O PPGC, apesar de ser um Programa que tem apenas seis anos de atuação acadêmica, tem demonstrado seu potencial de inserção social, no âmbito local e regional destacando diversos impactos sociais derivados de suas ações.

 

Alinhamento com o Plano de Desenvolvimento Institucional da UFRPE

A inserção social do PPGC está fortemente alinhada ao Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da Universidade Federal Rural de Pernambuco através de uma postura institucional voltada para a disseminação de sua contribuição para o desenvolvimento das mais diversas regiões do Estado de Pernambuco, bem como de outros Estados da Região Nordeste.

O conjunto de valores preconizados pelo PDI da UFRPE tem sido a referência central para a condução das atividades acadêmicas no âmbito do PPGC: Transparência; Equidade; Ética; Sustentabilidade; Inovação; Inclusão; Respeito à diversidade; Respeito aos saberes populares.

Todos estes valores têm sido considerados pelo PPGC ao longo de sua trajetória acadêmica.

O perfil de seus discentes é de profissionais que atuam em instituições públicas e privadas, o que inclui profissionais advindos de diversas origens institucionais, destacando órgãos públicos (Secretaria da Controladoria Geral do Estado de Pernambuco- SCGE e Ministério Público do Estado de Pernambuco) e instituições públicas de ensino (Universidade Federal Rural de Pernambuco, Universidade Federal de Pernambuco e Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia de Pernambuco). Este perfil ratifica a contribuição social gerada pelo PPGC, ao oferecer um curso de mestrado em Controladoria.

A demanda de inscritos nas seleções do PPGC apresenta números que revelam o potencial do PPGC em se estabelecer como um centro de formação referência na região. Todos os processos seletivos realizados até o momento têm atraído um bom número de candidatos de diversas cidades em Estados da Região Nordeste. O perfil dos candidatos tem sido composto de profissionais que atuam nas esferas pública e privada, contadores e não contadores, abrangendo recém-formados e profissionais experientes no mercado. Também foi observada na seleção a presença de candidatos que já possuíam títulos de mestre em outras áreas. Este conjunto de informações demonstra o interesse da sociedade no curso oferecido pelo Programa.

 

Integração com a Sociedade

Além disso, o PPGC tem prezado pela implantação de atividades voltadas integração com a sociedade, as quais em 2016 motivaram iniciativas e articulações com empresas e entidades públicas para a realização de todas as edições do SIMPCONT. A palestra de abertura desta primeira edição foi proferida pelo Sr. Caio Mulatinho, Secretário Executivo da Secretaria de Controladoria do Estado de Pernambuco.

Na edição de 2017, a palestra de abertura foi proferida pela Sra. Andrea Costa de Arruda, da Controladoria Municipal de Jaboatão dos Guararapes. O II SIMPCONT também contou com a participação de representantes de diversas instituições públicas e privadas, tais como o Ministério Público do Estado de Pernambuco e Secretaria de Controladoria do Estado de Pernambuco.

Na terceira edição do SIMPCONT em 2018, a palestra de abertura foi proferida pelo Superintendente da Controladoria Geral da União, o Sr. Gabriel Aragão Wright. A palestra de encerramento foi proferida pelo Prof. Carlos Alberto Diehl (UNISINOS). Mais uma vez, contou com a participação de representantes de diversas instituições públicas e privadas, tais como o Ministério Público do Estado de Pernambuco e Secretaria de Controladoria do Estado de Pernambuco.

Na quarta edição do SIMPCONT em 2019, a palestra de abertura foi proferida pelo professor Márcio Luiz Borineli, da Universidade de São Paulo. Novamente, o evento  contou com a participação de representantes de diversas instituições públicas e privadas, tais como o Ministério Público do Estado de Pernambuco e Secretaria de Controladoria do Estado de Pernambuco.

O impacto social mais forte do PPGC deriva do fato de se tratar de um curso de Pós-Graduação Stricto Sensu oferecido por uma Instituição Federal Pública de Ensino Superior. Por sua natureza institucional, o curso de mestrado oferecido pelo PPGC é gratuito, fato este que o torna acessível da maneira mais ampla possível.

Um segundo impacto social relevante gerado pelo PPGC está associado à área de concentração do Programa (controladoria). Ao possuir exclusivamente foco em ciências contábeis para usuários internos, o programa possui perfil único que o distingue dos demais Programas de Pós-Graduação em Ciências Contábeis localizados nas Regiões Norte e Nordeste do Brasil.

 

Cooperação Acadêmica com outros Programas de Pós-Graduação da Região

Sobre o impacto das atividades realizadas pelo PPGC com outros Programas de região, merecem destaque ações desenvolvidas com três Universidades importantes da região.

A principal cooperação acadêmica do PPGC é a Universidade Federal da Paraíba.  Esta cooperação tem sido operacionalizada entre o Programa de Pós-Graduação em Controladoria e o Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis através da atuação de docentes em ambos os programas, ministrando aulas e orientando alunos de Mestrado e de Doutorado, bem como coordenando projetos de pesquisa e realizando atividades técnicas. O professor Antônio André Cunha Callado, da UFRPE, atua como docente permanente do PGCC/UFPB, enquanto o professor Aldo Leonardo Cunha Callado, da UFPB, atua como docente permanente do PPGC/UFRPE.

Até o presente momento, diversas orientações já foram concluídas. Além disso, diversos Professores dos dois Programas têm participado de Bancas de Dissertação de Mestrado. Esta cooperação têm gerado muitos frutos atuando através da coordenação de Projetos de Pesquisa, participação em Bancas de Dissertação associados a ensino, pesquisa, orientação e atividades técnicas, além de ter gerado inúmeros artigos publicados em periódicos nacionais e em eventos acadêmicos relevantes nacionais e internacionais.

A segunda cooperação acadêmica do PPGC é a Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Ela tem sido operacionalizada entre o Programa de Pós-Graduação em Controladoria e o Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis. Nesta cooperação, o professor Anailson Marcio Gomes, da UFRN, tem atuado como Docente Colaborador do PPGC, orientando alunos de Mestrado, realizado atividades técnicas e coordenando projeto de pesquisa. Desta cooperação, diversas orientações já foram concluídas. Também merece destaque os artigos publicados em periódicos nacionais e em eventos acadêmicos nacionais.

A terceira cooperação acadêmica realizada na região é com a Universidade Federal de Pernambuco. Ela tem sido operacionalizada entre o Programa de Pós-Graduação em Controladoria e o Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da UFPE. Esta cooperação acadêmica tem sido operacionalizada através de atividades técnicas referentes à avaliação de artigos científicos, participação em bancas de dissertação e atuação em comissões de trabalho.

 

Ações Afirmativas

Outro aspecto relevante sobre a inserção social do PPGC está vinculada à introdução de ações afirmativas no processo seletivo de alunos através da oferta de vagas para para negros (pretos e pardos), indígenas, pessoas com deficiência ou pessoas trans.

Ações afirmativas também podem ser encontradas na Gestão de Bolsas de Estudo no âmbito do PPGC. Em adição à nota final obtida pelos alunos selecionados no processo seletivo, são considerados os seguintes itens:

I - Obtenção de isenção do pagamento da taxa de inscrição no processo seletivo nos termos do Decreto N˚ 6135/2007, inscritos no Cadastro Único para os programas sociais do Governo Federal e integrantes de família de baixa renda (0,5 pontos);

II - Não ser residente na Região Metropolitana do Recife (0,5 pontos).

 

Abrangência Geográfica de Candidatos ao Processo Seletivo

O destaque da inserção do PPGC é a atratividade de candidatos refletida na diversidade de procedência geográfica dos candidatos inscritos no processo seletivo do PPGC. Em todas as seleções realizadas até o momento, foram registradas inscrições de candidatos residentes na Região Metropolitana do Recife, bem como das demais regiões do Estado de Pernambuco, de outros Estados da Região Nordeste (Alagoas, Paraíba, Ceará) e até de outras regiões do Brasil.

Esta diversidade de origens tem sido refletida na composição das turmas. Dentre os alunos que já se matricularam no PPGC, além dos alunos residentes em Recife, podem ser encontradas pessoas advindas de Afogados da Ingazeira, Bom jardim, Caruaru, Gravatá, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista, Petrolina, Poção, Vitória de Santo Antão, São Lourenço da Mata, Serra Talhada, Sertânia, Surubim e Timbaúba.

Entre os alunos vindos de outros Estados, podem ser encontradas pessoas advindas de Alagoas, Ceará, Paraíba, Piauí, São Paulo e Roraima.

 

Formação de Recursos Humanos Qualificados

Com relação aos setores pesquisados, as dissertações defendidas no âmbito do PPGC até o momento tratam controladoria no contexto organizacional de distintas naturezas, a saber:

a) Setor público: Governo do Estado de Pernambuco; Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco; Ministério Público do Estado de Pernambuco; Secretaria de Controladoria do Estado de Pernambuco; Prefeitura Municipal de Petrolina; COMPESA; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Instituto Brasileiro de Museus);

b) Setor privado (Indústria de transformação da Região Metropolitana de Recife; Setor sucroalcooleiro de Pernambuco; Setor de Petshop de Recife; Setor atacadista de alimentos da Região Metropolitana de Recife; Setor varejista da Região Metropolitana de João Pessoa);

c) Terceiro Setor (Movimento Pró-CRIANÇA).

Todas essas pesquisas derivam de intervenções junto a problemas sociais reais que, em maior ou menor grau, têm influenciado as organizações e empresas envolvidas, bem como têm gerado inúmeras produções científicas, seja na forma de apresentações em eventos acadêmicos nacionais e internacionais, seja na forma de publicações de artigos em anais, de artigos em periódicos ou em capítulos de livros.

Com relação à formação de profissionais capacitados para atuação na área, todos os egressos do PPGC estão atuando profissionalmente. Merecem destacar que quatorze egressos estão atuando como docentes em instituições de ensino superior. Outros cinco egressos estão ocupando elevados cargos de gestão em suas respectivas instituições. Merece ainda destacar que uma egressa do PPGC está cursando Doutorado em Ciências Contábeis em uma instituição estrangeira de Portugal.

Todas estas realizações demonstram a consistência das diversas contribuições que o PPGC tem gerado a partir das mais diversas ações implementadas referentes ao planejamento do programa, bem como fornecem evidências concretas acerca do impacto regional de suas realizações.

 

Atuação Profissional de Egressos em Ensino Superior

O PPGC tem acompanhado a evolução das carreiras profissionais de seus egressos, bem como identificar impactos reais da formação obtida dentro do Programa em suas atuações profissionais. Um significativo número de egressos do Programa tem atuado como docente em instituições de ensino superior:

Alex de Oliveira Serafim - Professor do Centro Universitário FACOL e do Centro Universitário UNINASSAU (Caruaru/PE).

Ayane Maria Goncalves da Silva - Professora substituta da UFPE Campus Agreste, Caruaru, e professora da Faculdade Século XXI (Faculdade Santa Helena), Recife/PE.

Célio Beserra de Sá - Professor da UNINASSAU (Caruaru/PE).

Dayvson Ricardo Rufini da Silva - Professor Tutor da Universidade de Pernambuco (UPE), do SENAI/PE e do Governo do Estado de Pernambuco. 

Eddie Raoni de Lima Marques - Professor do Centro Universitário Vale do Ipojuca (UNIFAVIP) – Campus Caruaru, (Caruaru/PE).

Eugênio Matias dos Santos Neto - Professor substituto da Universidade Federal da Paraíba e professor da Universidade Maurício de Nassau (João Pessoa/PB)

Florisvaldo Cunha Cavalcante Júnior - Professor do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Sertão Pernambucano – Campus Floresta, (Floresta)

Gabriela de Vasconcelos - Professora da Universidade de Pernambuco – Campus Caruaru/PE.

Gilson Rodrigues da Silva - Professor substituto da Universidade Federal da Paraíba e da Universidade Maurício de Nassau, João Pessoa/PB.

Givanildo Pereira de Souza - Professor da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Igarassu e do Centro Universitário Joaquim Nabuco, Recife/PE.

Gleidson Ramos Ferreira - Professor da Faculdade Joaquim Nabuco, Recife/PE.

Jair Oliveira Vieira de Souza - Professor Titular da Faculdade Santa Helena, Recife/PE.

Lilian Vieira Ferreira Cunha - Professora Assistente I do APESU Ensino Superior de Pernambuco, Recife/PE.

Maria do Rosário da Silva - Professora do Centro Universitário Guararapes e da Faculdade de Ciências da Administração do Limoeiro, Limoeiro/PE.

Paulo Rocha Cavalcante - Professor da Unifavip e Assessor de Convênios da Universidade de Pernambuco, Caruaru/PE.

Pedro Paulo Silva de Assis - Professor da Faculdade Santa Helena, Recife/PE.

Rafaela Maria Jose Bertino Barros - Professora Substituta da Universidade Federal de Pernambuco, Recife/PE e Professora da Faculdade São Miguel, Recife/PE.

Robson Bento Santos - Professor da Faculdade Santa Helena e do Instituto Federal de Pernambuco, Palmares/PE.

Sheila Mirian Barbosa Israel - Professora da Faculdade Santa Helena, Recife/PE.

Tácio Marques da Cunha - Professor da UNINASSAU, Recife/PE e do SENAI Departamento Regional de Pernambuco, SENAI/DR/PE, Recife/PE.

 

Atuação Profissional de Egressos em Cargos de Direção/Gestão

Ocupam cargos de direção/gestão em suas respectivas instituições os seguintes egressos:

Alex de Oliveira Serafim - Sócio da PRIME Consultoria e Contabilidade.

Andreza Moura dos Santos - Coordenação Finaceira e Controladoria - Agrovia do Nordeste S/A

Antônio Moreira Nicolau - Coordenador Contábil do Grupo N. Claudino e Cia LTDA

Elanuza Gracielly Lira Sá - Sócia-Diretora de empresas no seguimento de distribuição e varejo de alimentos.

Gleidson Ramos Ferreira - Professor da Faculdade Joaquim Nabuco, Perito contábil judicial - Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região e Assessor contábil da Prefeitura Municipal do Recife

Herrisson Queiroz Neto - Diretor Fiscal - Auditoria da Agência Nacional de Saúde Suplementar

Márcio Flávio Tenório Costa - Diretor Geral do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), Campus Afogados da Ingazeira/PE.

Otávio Henrique Cintra Monteiro - Gestor Governamental - Controle Interno da SECRETARIA DA CONTROLADORIA GERAL DO ESTADO DE PERNAMBUCO

Ricardo Henrique Miranda de Araújo - Gestor Governamental - Controle Interno da SECRETARIA DA CONTROLADORIA GERAL DO ESTADO DE PERNAMBUCO

Robson Bento Santos - Chefe do Departamento de Contabilidade da Universidade Federal Rural de Pernambuco

Thayse Kelly Galvão Neves de Azevedo - Gestora Governamental - Controle Interno da SECRETARIA DA CONTROLADORIA GERAL DO ESTADO DE PERNAMBUCO

 

Atuação Profissional em organizações Públicas, Privadas e do Terceiro Setor

Exercem atividades profissionais em empresas privadas, órgãos públicos e entidades do terceiro setor os seguintes egressos:

Anália Regina de Lima Oliveira - Analista contábil – Profissional autônoma.

Artur Alves de Araújo - Servidora Pública Federal - Auditora da Universidade Federal de Pernambuco.

Célio Beserra de Sá - Consultor autônomo.

Danilo José Campos Coelho- Assessor Mundial de DMA - Visão Mundial

Erick Merêncio de Lima - Consultora em Controladoria e Planejamento Financeiro - Acerte & Associados Consultoria Tributária

Eugênio Matias dos Santos Neto - Servidor Público Federal – Caixa.

Gesualdo Menezes Cavalcante - Servidor Público Federal – Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia de Alagoas (IFAL)

Glauber Quirino Falcão - Servidor Público Federal - Analista em Ciência e Tecnologia - Finanças da Comissão Nacional de Energia Nuclear

Gleidson Ramos Ferreira - Perito contábil judicial - Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região e Assessor contábil da Prefeitura Municipal do Recife

Herivânio Torres Bandeira - Técnico Administrativo da Procuradoria Regional da República - 5ª Região

Hildegardo Pedro Araújo de Melo - Analista Ministerial (Ciências Contábeis) do Ministério Público do Estado de Pernambuco

Jackeline Martins da Silva Paula - Servidora Pública Federal - Auditora da Universidade Federal de Pernambuco.

Lorena de Souza Arruda - Consultoria Empresarial - Profissional Autônoma

Maria Livânia Dantas de Vasconcelos - Servidora Pública Federal – Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Márcio Mateus Ferreira de Aquino - Servidor Público Federal – Instituto Federal de Pernambuco (IFPE).

Mário de Carvalho Filho - Servidor Público Federal - Ministério Público Federal

Melina França Cabral Bemfica - Analista Ministerial (Ciências Contábeis) do Ministério Público do Estado de Pernambuco

Monike Silva Melo - Servidora Pública Federal - Contadora da Universidade Federal de Pernambuco

Pedro Paulo Silva de Assis - Consultor Contábil pela Superávit Consultoria Contábil

Samara Lima Sobrinho - Assessoria Contábil - Profissional Autônoma. 

Saulo Diógenes Azevedo Santos Souto - Analista Ministerial (Ciências Contábeis) do Ministério Público do Estado de Pernambuco

Suely Maria Silva Manzi - Servidora Pública Federal – Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Telma Maia Pinheiro - Servidora Pública Federal - Instituto Brasileiro de Museus

 

Editoração de Periódicos Acadêmicos

Outro destaque acadêmico relevante associado ao impacto do PPGC é a editoração de periódicos acadêmicos. Atualmente, dois periódicos acadêmicos em circulação estão sendo conduzidos por docentes permanentes do PPGC, a saber:

a) Custos e @gronegócio on line (ISSN 1808-2882);

b) Management Control Review (ISSN 2526-1282).

O Periódico Custos e @gronegócio on line (ISSN 1808-2882), B1 na lista Qualis da CAPES referente à Área de Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo que foi utilizada para a avaliação dos PPGs no Qadriênio 2013-2016. Este periódico está indexado à Web of Science, ao Scopus, ao Latindex e ao Directory of Open Access Journals (DOAJ), além de estar listado no Portal de Periódicos CAPES. Recentemente, Custos e @gronegócio on line foi preliminarmente listado como periódico A3 na nova estratificação de conceitos para os periódicos que adotada no Seminário de Meio Termo realizado em 2019 na CAPES.

Todas as ações editoriais da revista são realizadas levando em consideração as Boas Práticas de Publicação Científica. Merece ser destacado que, desde sua criação em 2005 até o último número publicado, a quase totalidade dos artigos publicados é de autores externos à Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Ao longo dos últimos anos, Custos e @gronegócio on line tem recebido elevado número de submissões tanto de autores nacionais quanto de autores estrangeiros, que representam uma parcela significativa dos artigos publicados pela revista. Esta visibilidade internacional consistente tem proporcionado a Custos e @gronegócio on line fatores de impacto calculados duas por instituições internacionais relevantes: SCImago Journal Rank (SJR) do Scopus e Jornal Citation Report (JCR) da Web of Science Clarivate Analysis. Custos e @gronegócio on line também está indexado ao Google Acadêmico e possui fator de impacto h5.

Recentemente, a Management Control Review (ISSN 2526-12-82), que está em circulação há cinco anos passou a fazer parte ativa do processo de internacionalização do PPGC. Mesmo tendo pouco tempo de circulação, ele tem mantido publicações regulares de seus números semestrais, bem como tem recebido e publicado artigos de autores nacionais e internacionais. O PPGC tem buscado ampliar a visibilidade institucional da MCR em busca de um incremento no número de submissões recebidas, bem como no aprimoramento da qualidade do periódico através de indexações e de melhor classificação na Lista Qualis da CAPES.

 

Simpósio de Controladoria

Outro aspecto relevante a ser destacado sobre a contribuição do PPGC para a Região Nordeste se refere à realização de eventos acadêmicos. Antes de completar dois anos de existência, o PPGC deu início à realização do Simpósio de Controladoria da Universidade Federal Rural de Pernambuco (SIMPCONT). Desde sua primeira edição, em 2016, o SIMPCONT buscou atuar como um ponto de convergência para docentes, estudantes e profissionais da área de controladoria. Tradicionalmente, a palestra de abertura do evento é proferida por uma personalidade de relevância da área, seja do setor público ou do setor privado, destacando a palestra da primeira edição que foi proferida pelo Secretário Executivo da Secretaria de Controladoria do Estado de Pernambuco. Em termos acadêmicos, nas quatro edições já realizadas, o SIMPCONT tem recebido submissões oriundas de Instituições de Ensino de Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Rio Grande do Norte, Ceará, bem como de Santa Catarina, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Mato Grosso. Em seus anais já se encontram publicados cento e seis artigos científicos avaliados e selecionados após Double Blind Review.

Sobre a contribuição do PPGC referente à produção e disseminação de conhecimento na área de controladoria, podem ser contabilizadas as trinta e seis dissertações já defendidas e aprovadas, os cento e setenta e nove artigos já publicados em periódicos acadêmicos nacionais e internacionais e os trezentos e dez artigos publicados em anais de eventos acadêmicos nacionais e internacionais, bem como as suas apresentações.